Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Atendimento

0

DESCONTO VIA PIX

3% OFF pagando à vista no Pix!

PARCELAMENTO

Parcele suas compras em até 12x.

ATENDIMENTO ONLINE

Esclareça suas dúvidas com nossa equipe.

FRETE GRÁTIS

Acima de R$300 na cidade do Rio. Opções de envio para todo Brasil.

COMPRE E RECEBA HOJE

Consulte áreas e horários.

Atualizando informações ...

Cateter Picc Mono Lumen 4.0fr - 65cm - Silicone Blenta

Ref: 5011.04.65-1
Marca: BLENTA
Disponibilidade: Disponível em dias úteis
R$ 294,88 à vista PIX
ou R$ 304,00 no cartão
em até 7x de R$ 54,95 com juros

Por:
R$ 304,00

R$ 294,88 à vista com desconto
ou 7x de R$ 54,95 com juros
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

Cateter Picc Mono Lumen 4.0fr 65cm Silicone

Indicação:
O Catéter Percutâneo Mono Lúmen com Introdutor Standard (PICC) é um tipo de cateter venoso central usado para acesso venoso de longo prazo, geralmente superior a 30 dias, por meio de punção venosa periférica. Ele é indicado para infusão de nutrição parenteral, soluções hipermolares e intravenosas em pacientes neonatais, lactantes e pediátricos que necessitam de tratamento parenteral prolongado. Também é utilizado em pacientes com condições como enterocolite necrosante, internações em unidades de terapia intensiva, alterações metabólicas e aqueles submetidos a cirurgias que requerem longos períodos de jejum.

Descrição:

O Catéter Percutâneo Mono Lúmen com Introdutor Standard (PICC) é composto por um segmento de silicone grau médico radiopaco, que apresenta marcações centimetradas e um conector luer lock com tampa em sua extremidade proximal. Este catéter oferece excelente desempenho, flexibilidade e durabilidade, além de ser totalmente radiopaco para visualização em imagens radiográficas.
O conjunto do produto inclui componentes que auxiliam no acesso vascular para posicionar o catéter. Isso inclui um Introdutor peel-off bipartido modelo standard, que varia conforme o modelo do catéter para facilitar a inserção na rede venosa. Além disso, o conjunto contém um conector intermitente luer lock sem agulha, uma fita métrica para medir e cortar o catéter, um garrote para auxiliar no acesso venoso periférico, uma pinça metálica para introduzir o catéter através do introdutor e um prolongador para conexões standard, juntamente com um clamp para interromper o fluxo.

Componentes:

  • 01 Cateter percutâneo mono lúmen em silicone grau médico e radiopaco;
  • 01 Garrote em silicone;
  • 01 Conector intermitente Luer Lock em policarbonato e silicone (segurança);
  • 01 Pinça metálica em aço inox;
  • 01 fita métrica em papel;
  • 01 introdutor modelo Standard com agulha em aço inoxidável e cateter radiopaco;
  • 01 prolongador com conector luer lock em PVC com tampa e clamp oclusor.

Modo de uso:

  1. O procedimento deve seguir estrita norma de assepsia cirúrgica.
  2. Posicione o paciente adequadamente, considerando a veia a ser utilizada.
  3. Avalie as condições do local de punção e escolha o acesso, preferencialmente as veias cefálicas ou basílicas.
  4. Realize o procedimento com a ajuda de outro profissional e reúna todo o material necessário.
  5. Meça a distância do ponto de inserção até a posição central e, se necessário, corte o catéter na medida adequada.
  6. Utilize vestimenta e instrumentação estéreis.
  7. Garroteie o membro para distender o vaso sanguíneo.
  8. Higienize e faça antissepsia da zona conforme os protocolos institucionais.
  9. Puncione a veia com o introdutor, observando o retorno venoso e, em seguida, introduza o cateter PICC, removendo a agulha introdutora.
  10. Introduza cuidadosamente a extremidade do cateter com auxílio da pinça através do cateter introdutor descartável, avançando lentamente até alcançar o comprimento desejado, sem utilizar uma pinça dentada.
  11. Durante a introdução, observe a posição do cateter dentro do paciente conforme a medida prévia.
  12. Se houver dificuldade para avançar o cateter, aplique lentamente uma solução fisiológica para dar maior rigidez ao cateter e provocar a abertura das válvulas.
  13. Solte o garrote do membro.
  14. Aplique uma leve pressão no local da punção e retire cuidadosamente o cateter introdutor descartável.
  15. Verifique a permeabilidade do cateter.
  16. Fixe o cateter e realize o pós-tratamento conforme os critérios institucionais.
  17. Aplique o curativo oclusivo conforme o protocolo institucional.
  18. Realize o controle radiológico para acompanhar o posicionamento do cateter.
  19. Fixe o prolongador ao cateter através do conector luer lock para introdução de terapia venosa.
  20. Conecte suavemente o sistema de infusão, evitando pressão excessiva.
  21. Realize os procedimentos de manutenção do cateter de acordo com as recomendações do protocolo institucional.

Remoção do Cateter:

  • Posicione o paciente adequadamente.
  • Remova o curativo que cobre o catéter.
  • Segure o catéter próximo ao ponto de inserção.
  • Remova o catéter lentamente, sem aplicar força excessiva para evitar a ruptura.
  • OBSERVAÇÃO: Evite utilizar força excessiva durante a remoção para evitar danos ao catéter.
  • Se encontrar resistência durante a remoção, pare o procedimento. Aplique uma compressa normal e aguarde de 20 a 30 minutos antes de reiniciar a remoção.
  • Após a remoção, aplique um novo curativo.
  • Verifique se o catéter foi totalmente removido comparando o comprimento removido com a anotação inicial feita pela equipe de enfermagem no momento da inserção.

Contraindicações:

  • Distúrbios de coagulação;
  • Infecção no local de punção;
  • Trombose venosa;
  • Atrofias do membro escolhido;
  • Os fatores locais do tecido impedem a estabilização e/ou acesso apropriado do dispositivo.

Precauções:

  • Sempre aplique o produto sob a supervisão de um profissional de saúde qualificado.
  • Siga o protocolo estabelecido pela equipe médica para a inserção do catéter.
  • Evite que o talco das luvas entre em contato com o catéter; luvas sem talco são recomendadas.
  • Avalie regularmente o estado geral do paciente.
  • Certifique-se de que o paciente está hemodinamicamente estável antes do procedimento.
  • Durante o procedimento, monitore a saturação de oxigênio e a frequência cardíaca do paciente.
  • Nunca force o avanço do catéter; resistência pode indicar obstrução da veia ou mau posicionamento.
  • Não aplique força para lavar o catéter se encontrar resistência.
  • Evite colocar fita adesiva sobre o tubo do catéter, pois isso pode danificar sua integridade.
  • Verifique se há sangramento no local da punção.
  • Siga os procedimentos de pós-tratamento conforme os protocolos da instituição.
  • Antes e após cada uso, lave o catéter com uma seringa de 10 ml para evitar obstruções causadas pela infusão de medicamentos incompatíveis.
  • Se o catéter não estiver em uso, faça uma lavagem (flush) a cada 12 horas ou conforme o protocolo da instituição.
  • Não use o catéter para injeções de alta pressão, pois isso pode rompê-lo.
  • Infusões devem ser lentas e não devem exceder a uma pressão de 1,2 bar (912 mmHg), para evitar danos ao catéter.
  • Devem ser tomadas precauções no uso de instrumentos metálicos para que não causem cortes, arranhões ou lesões na superfície externa do cateter.

Advertência:

  • Este produto é estéril e destinado a uso único, sendo proibido reprocessá-lo.
  • O procedimento deve ser realizado em condições rigorosas de assepsia.
  • A manipulação do produto deve ser feita com cuidado em todos os momentos.
  • Apenas médicos e enfermeiros qualificados devem manusear o produto durante sua inserção.
  • Pressão excessiva, quando combinada com outros equipamentos, pode resultar na ruptura dos conectores.
  • Se houver obstrução do cateter, evite aplicar pressão excessiva para evitar sua ruptura.
  • A colocação inadequada do cateter pode levar a arritmias cardíacas.
  • A contaminação do cateter durante o procedimento pode causar flebite, infecção e sepse.
  • É recomendado um fluxo mínimo de 2 ml/h e a utilização de um dispositivo intermitente (conector intermitente) sem agulha.
  • Não utilize seringas menores que 10 ml, pois podem gerar pressões elevadas capazes de romper o cateter.
  • Ao medir o comprimento necessário do cateter, tenha cuidado especial para alcançar a localização desejada.
  • Introduzir o cateter apenas alguns centímetros em uma veia pode causar complicações, como flebite, devido ao espaço reduzido dentro do vaso.
  • Nunca remova o cateter enquanto o introdutor estiver no local, pois isso pode resultar na ruptura do cateter.

Esterilizado.

Uso único.

Não utilizar caso a embalagem esteja danificada.

Marca: Blenta

Anvisa: 81158510033

Clique aqui para ver mais produtos Blenta.

Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...